A Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) desempenha um papel fundamental na vida dos homens e mulheres do campo e fechou 2023 de forma positiva, garantindo apoio à produção e comercialização, além da entrega de fomento e equipamentos nas diversas regiões do Maranhão.

Por meio de um conjunto de ações, a SAF está levando políticas públicas aos agricultores e agricultoras familiares de todo o Maranhão, priorizando o apoio às comunidades tradicionais, ao extrativismo e à população desfavorecida do campo. São políticas que contemplam desde o acesso à terra, passando pelo apoio produtivo e a comercialização dos diversos produtos
oriundos da agricultura familiar.

Para o secretário da SAF, Bira do Pindaré, a Secretaria tem atuado fortemente para garantir aos agricultores familiares, povos indígenas e comunidades tradicionais, o acesso às políticas públicas essenciais para o fortalecimento e desenvolvimento rural do Maranhão.

“Trabalhamos fortemente em 2023 para levar melhorias aos nossos homens e mulheres do campo, essa é uma premissa do nosso governador Carlos Brandão em garantir a efetivação de políticas públicas de incentivo produtivo, enfrentamento à pobreza e fome. Fechamos o ano muito satisfeitos com o que foi feito, e queremos fazer muito mais no novo ano que se inicia”, afirmou Bira Pindaré.

Pages

Neste ano, o Governo do Maranhão deu início ao Projeto Amazônico de Gestão Sustentável (Pages), fruto de parceria entre o Governo e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida).

Com custo de US$ 37 milhões, o Pages irá beneficiar cerca de 80 mil habitantes da área rural do Maranhão. Deste total, 50% serão mulheres e 25% jovens, e 15% serão de integrantes de comunidades indígenas e ou tradicionais, como quilombolas e quebradeiras de coco babaçu. A área de atuação do projeto inclui três regiões do Maranhão: Amazônica, Gurupí e Pindaré,
além de cinco terras indígenas.

O secretário da SAF, Bira do Pindaré, destacou que “o lançamento do Pages é uma estratégia de promoção de desenvolvimento social e econômico e ao mesmo tempo fazendo a preservação ambiental. É fundamental que o projeto seja exitoso e por isso agradeço a participação e parceria com todas as instituições tanto na esfera estadual e municipal quanto na federal e internacional. Agradeço ao governador Carlos Brandão por todo apoio e investimento realizado para que esse projeto pudesse se tornar realidade”, completou o secretário licenciado da SAF, Bira do Pindaré.

Femaf

Outra ação que teve destaque em 2023 foi a realização da 1ª Feira Maranhense da Agricultura Familiar (FEMAF), no período de 7 a 9 de dezembro. A FEMAF foi uma ação do governo dobMaranhão através da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) e do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma). A FEMAF foi um verdadeiro sucesso e recebeu mais de 28 mil pessoas ao longo dos três dias superando as expectativas. Além disso, a renda obtida na comercialização dos agricultores familiares, restaurantes e bebidas foi mais de R$ 342 mil, e contou com uma vasta programação técnica com ministração de cursos, palestras e painéis com temas ligados ao campo, e uma programação cultural com artistas nacional e locais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here