PF deflagra ação em São Luís para investigar produção e compartilhamento de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes

A Polícia Federal no Maranhão, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou na manhã de hoje (28/02), na cidade de São Luís, a Operação ABSCONDITUS, dando cumprimento a um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva expedidos em face de investigado que produziu, armazenou e compartilhou imagens/vídeos de abuso sexual infantojuvenil. As medidas cautelares foram deferidas judicialmente e visam a coleta de elementos de prova da autoria e materialidade delitiva.

O investigado é suspeito da prática dos crimes de Produção, compartilhamento e armazenamento de cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança/adolescente, tipificados, respectivamente, nos artigos 240, 241-A e 241-B todos da Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), cujas penas somadas podem chegar a 18 (dezoito) anos de reclusão.

O nome da operação faz referência ao termo “escondido” em latim, em alusão à atuação de indivíduos envolvidos em crimes dessa natureza, os quais agem de maneira sorrateira e escondida da sociedade.

A investigação apontou também a presença de uma vítima cujas imagens/vídeos foram produzidos pelo investigado quando esta possuía 17 anos de idade.

Foi apreendido o aparelho celular do investigado, o qual será submetido a posterior exame pericial. As investigações prosseguirão com o escopo de coletar mais elementos probatórios relacionados aos crimes investigados, apontar eventuais condutas criminosas correlacionadas bem como individualizar outras possíveis vítimas dos delitos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here