O deputado federal e presidente do PL-MA, Josimar Maranhãozinho, explicou seu voto a favor da aprovação da medida provisória (MP) da reestruturação ministerial do governo Lula.

https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?client=ca-pub-7420380085662753&output=html&h=195&slotname=8051936871&adk=3297702719&adf=1071639452&pi=t.ma~as.8051936871&w=779&fwrn=4&lmt=1685973312&rafmt=11&format=779×195&url=https%3A%2F%2Fjohncutrim.com.br%2Fjosimar-maranhaozinho-explica-voto-da-bancada-do-pl-ma-em-mp-do-governo-lula%2F&wgl=1&uach=WyJXaW5kb3dzIiwiMTUuMC4wIiwieDg2IiwiIiwiMTEzLjAuNTY3Mi4xMjkiLFtdLDAsbnVsbCwiNjQiLFtbIkdvb2dsZSBDaHJvbWUiLCIxMTMuMC41NjcyLjEyOSJdLFsiQ2hyb21pdW0iLCIxMTMuMC41NjcyLjEyOSJdLFsiTm90LUEuQnJhbmQiLCIyNC4wLjAuMCJdXSwwXQ..&dt=1685973311803&bpp=4&bdt=870&idt=734&shv=r20230531&mjsv=m202305300101&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3D2eddc24f818ef961-2284011cab7f00f2%3AT%3D1676655542%3ART%3D1685618055%3AS%3DALNI_MbWpoTX7YHsoUmSEAJci1G6Afc58Q&gpic=UID%3D000009ec13be1a9e%3AT%3D1676655542%3ART%3D1685618055%3AS%3DALNI_MYExo1zvw8Ju4Ia0t1XLosbt_M1CQ&prev_fmts=0x0&nras=1&correlator=227870310013&frm=20&pv=1&ga_vid=1806400707.1674216156&ga_sid=1685973313&ga_hid=358016416&ga_fc=1&rplot=4&u_tz=-180&u_his=4&u_h=768&u_w=1366&u_ah=720&u_aw=1366&u_cd=24&u_sd=1&dmc=4&adx=115&ady=1138&biw=1349&bih=592&scr_x=0&scr_y=0&eid=44759926%2C44759842%2C44759875%2C31074991%2C44785292%2C44788442&oid=2&pvsid=1181766691413468&tmod=1537662550&uas=0&nvt=1&ref=https%3A%2F%2Fjohncutrim.com.br%2F&fc=1920&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C1366%2C0%2C1366%2C720%2C1366%2C592&vis=1&rsz=%7C%7CeEbr%7C&abl=CS&pfx=0&fu=128&bc=31&ifi=2&uci=a!2&btvi=1&fsb=1&xpc=dImDhSv8OA&p=https%3A//johncutrim.com.br&dtd=754

“É fácil de explicar. Nossa bancada maranhense não podia votar contra a criação de ministérios importantes, como o das Cidades, que a proposta é trazer um programa habitacional bem robusto para garantir melhor qualidade de vida para o cidadão; votar contra a Funasa, um órgão que quando eu fui prefeito, em 2005, eu já via a presença da Funasa dentro da nossa gestão levando saneamento, levando sistema de água para aquelas comunidades mais pobres, principalmente o programa kit sanitário. Lembro bem que conseguimos levar milhares de banheiros às famílias que naquele momento não tinham banheiros na sua residência. Então, a realidade do nosso estado não dá pra comparar com São Paulo, Distrito Federal. São realidades diferentes. O partido, o PL, é um partido grande, o maior partido do Brasil, que mais cresceu, mas eu acho que tem que ser visto o nosso país, que é muito grande. As divergências de realidade de um estado para o outro é muito grande. E nós da bancada maranhense nós não divergimos com o partido, nós votamos vendo o que é melhor para o nosso estado do Maranhão”, disse Josimar nesta segunda-feira(5) à TV Mirante.

Oito deputados do PL contrariaram a posição do PL e votaram a favor da aprovação da medida provisória (MP) da reestruturação ministerial. Pressionado pela ala bolsonarista, o presidente do partido, Valdemar da Costa Neto, afirmou que haverá punições, o que visa evitar dissidências em novas votações que possam favorecer o governo Lula (PT). Os quatro deputados da bancada do Maranhão (pastor Gil, Junior Lourenço, Josimar Maranhãozinho e Detinha) contrariam a posição do partido e apoiaram a aprovação do projeto. A punição deve ser leve.

De acordo com o jornal O Globo, a cúpula do PL decidiu que esses ficarão suspensos por três meses das funções na Câmara. Nesse período, não poderão participar das comissões, por exemplo. Já os outros 14 deputados que se ausentaram da votação não devem ter nenhuma punição. No dia da votação, após pressão dos bolsonaristas, o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, avisou pelas redes sociais que o partido “fechou questão” contra a MP, aprovada à noite por 337 votos a 125. Valdemar disse, por meio de sua assessoria, que está estudando o estatuto do partido para decidir as punições, “mas elas virão”.

Em relação às eleições no estado, Josimar disse que pretende manter a meta no estado(hoje o partido tem 41 prefeituras). No caso de São Luís, Maranhãozinho afirmou que o PL apoiará um lado e que as articulações estão sob a condução do vereador Aldir Jr. e da deputada Detinha.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here