Só em 2022, foram investidos mais de R$ 323 milhões em obras na área da educação. São ações nas escolas estaduais e, também, em escolas municipais, como uma ajuda a prefeituras que, muitas vezes, não conseguem dar conta de toda a demanda do município. Os investimentos garantiram a realização de mais de 200 obras educacionais, seguindo a determinação do governador Carlos Brandão de priorizar a educação. Os dados são da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Codó, Rosário, Zé Doca, Barra do Corda, Viana, Cedral, Matões, Timon, Açailândia, Araioses, Amapá do Maranhão e Cidelândia são alguns dos municípios que tiveram obras em escolas em 2022. As ações incluem construções de escolas, reformas, ampliações e revitalizações do programa Escola Digna.

Em abril deste ano, foi entregue a reforma do Centro de Ensino Bela Vista, no município de Bela Vista do Maranhão. A escola foi reformada pelo programa Escola Digna com troca de telhado, forro, novas instalações elétricas e hidráulicas, troca de piso, pintura, climatização e mobília escolar.

“A escola não estava boa para a gente estudar. Muitos amigos estudaram aqui e eles desistiram porque era uma escola que não tinha estrutura. As carteiras, agora, estão uma maravilha. Os professores vão ensinar muito melhor com esse quadro novo, por exemplo”, informou Daniel dos Santos, estudante do 2° ano do Ensino Médio da escola Bela Vista.

Para a mãe do aluno, Antônia Araújo, os estudantes, hoje, se sentem mais motivados. “Uma escola bem estruturada, com bons professores, com um ensino melhor é muito bom”, disse. 

Outra importante entrega educacional ocorreu no povoado Timorante, em Satubinha, com a construção da Escola Digna João Paulo II. “Acho que a escola ficou linda. Ela vai me levar para frente, assim vou ser alguém na vida”, afirmou o estudante Wesley Carvalho.

A estudante Aline dos Santos acredita que a nova escola ajudará toda a comunidade escolar. “É a nossa oportunidade de conseguir um futuro melhor”, comentou.

Transporte escolar para municípios

O Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar no Estado do Maranhão (Peate/MA) garante acesso a meios de transporte e transfere recursos financeiros diretamente aos municípios que realizam o transporte escolar de alunos do ensino médio da rede pública estadual e que residem na zona rural. O Peate/MA funciona em caráter complementar ao Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate).

Uma das cidades que recebeu transporte escolar este ano foi a cidade de Santa Inês. “Ficamos felizes com o compromisso do Estado com a nossa cidade. Esse era um pedido dos alunos, que foi prontamente atendido pelo governador Brandão. Agora, os estudantes do IEMA [Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão] têm todo o conforto para se deslocarem de sua residência até o seu lugar de estudo. A nossa cidade ganha com tudo isso”, afirmou o prefeito de Santa Inês, Felipe dos Pneus.

O Maranhão também conta com o Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar Indígena (Peateind). O Peateind funciona semelhante ao Peate, sendo direcionado ao transporte escolar de alunos indígenas da rede pública estadual de ensino, em seus respectivos territórios.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here