Nesta quarta-feira (08) o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, Coronel Célio Roberto, em entrevista ao programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, detalhou o trabalho realizado pela corporação para conter as chamas que tomaram conta do Shopping Rio Anil nessa terça-feira, 7 de março, e a investigação para identificar onde se iniciou o incêndio.

“A gente vai apurar as causas, claro, mas esse incêndio começou no teto por algum motivo. Nós vamos ver quais foram as causas, se foi humana, se foi acidente. O certo é que nós tínhamos três salas de cinema que estavam funcionando com filmes no momento da ocorrência. Como ela é toda isolada acusticamente, você que tá dentro dela não percebe nada de barulho que está no seu entorno, no exterior”, disse o coronel Célio Roberto.

O comandante do Corpo de Bombeiros ainda assegurou que houve alguma falha na prevenção e salientou que um serviço de manutenção no teto do Rio Anil Shopping estava sendo feito durante a exibição de filmes no Cinesystem.

“Em que pese todos os itens estarem funcionando, nós já indicamos que houve falha na prevenção. Possivelmente esse incêndio teve início de uma operação que estava sendo feita na parte do teto do shopping sobre as salas de cinema e isso deve ter acontecido com uma propagação [fogo] muito rápida, não dando tempo para que as pessoas que estavam nos cinemas perceberem”, destacou.

Célio Roberto ainda salientou que o teto das salas de cinema 2 e 3 acabaram colapsando e isso pode ter ocasionado os dois óbitos resultantes dessa lamentável tragédia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here