O ministro do Esporte, André Fufuca, assinou, neste domingo (24), protocolo de intenções para combater o racismo nos estádio de futebol do Brasil.

Além de Fufuca, participaram do ato, que antecedeu a final da Copa do Brasil, entre São Paulo e Flamengo, no Estádio do Morumbi, a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco; o ministro dos Direitos Humannos, Silvio Almeida e o presidente da CBF, Ednaldo Neves.

“Dia marcante para o esporte brasileiro. Na tarde de ontem, domingo (24), estive presente na final da copa do Brasil. Antes do jogo, juntamente com a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, o ministro de Direitos Humanos, Silvio almeida, e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, assinamos o protocolo de intenções para combater o racismo no futebol”, disse.

“O protocolo traz inúmeras ações que buscam aplicar os esforços necessários de todas as partes para promover a igualdade racial por meio de campanhas de conscientização com intuito de prevenção ao racismo. Também foi realizada a ação no estádio para a divulgação do dique 100. Gostaria de parabenizar os Flamengo e São Paulo pelo grande jogo”, acrescentou Fufuca.

Ao final da partida, o ministro André Fufuca participou da cerimônia de entrega de medalhas aos jogadores do São Paulo que conquistaram pela primeira vez o título da Copa do Brasil ao empatar com o Flamengo por 1 a 1.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here