A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) anunciou a abertura de um processo processo administrativo para apurar a ocorrência de atrasos nas viagens e falhas mecânicas no ferryboat José Humberto.

Segundo nota divulgada pela EAMP, as operações do ferryboat José Humberto estão suspensas até que todos os problemas forem solucionados para que a embarcação possa voltar a fazer a travessia entre a Ponta da Espera e o Cujupe.

Leia o comunicado na íntegra:

“A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) informa que, em virtude de recentes incidentes, incluindo atrasos nas viagens e falhas mecânicas relacionadas à embarcação José Humberto, operada pela empresa Rodofluvial Banav Ltda, reforçando nosso compromisso constante com o conforto e bem-estar dos usuários, tomamos a decisão de iniciar um procedimento administrativo para investigar essas ocorrências.

Em decorrência desse processo de apuração, determinamos a suspensão temporária da autorização para travessia na Baía de São Marcos da embarcação em questão, até que haja uma deliberação imediata sobre a retomada de sua operação. Vale ressaltar que, embora todos os laudos e vistorias de segurança conduzidos pela Capitania dos Portos e pela certificadora atestem a plena segurança da navegação da embarcação José Humberto, essa suspensão será mantida até que todos os parâmetros de navegação estejam em total conformidade com as diretrizes estabelecidas pela Lei n° 9.985/2014 e pela Resolução nº 01/2015.

Nesse contexto, informamos que todas as viagens previamente agendadas envolvendo a embarcação em questão serão devidamente reagendadas, garantindo, assim, a continuidade e a qualidade dos serviços prestados aos usuários. A EMAP permanece comprometida em assegurar a segurança e a satisfação de todos aqueles que utilizam os serviços”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here