O governador Carlos Brandão anunciou nesta quinta-feira (3/4) a nomeação da delegada Wanda Moura como a nova diretora da Casa da Mulher Brasileira, sucedendo Susan Lucena. Por meio de suas redes sociais, em um gesto de reconhecimento e respeito, Moura fez questão de destacar os feitos e a dedicação de Lucena durante sua gestão.

Ao comentar sobre a transição de liderança, Wanda Moura expressou profundos elogios para Susan Lucena, reconhecendo sua competência e comprometimento na defesa dos direitos das mulheres. A delegada enfatizou a integração eficaz dos órgãos de proteção à mulher vítima de violência doméstica e familiar, promovida por Lucena, que resultou na otimização dos serviços oferecidos pela instituição.

“Atuando desde o início dos atendimentos na Casa da Mulher Brasileira no dia 02 de outubro de 2017, Susan Lucena, deixou sua marca como a primeira diretora a presidir o Colegiado Gestor da instalação. A advogada e filósofa efetivou o trabalho integrado entre os órgãos de proteção à mulher vítima de violência doméstica e familiar para alinhar o serviço de modo centralizado, evitando assim a peregrinação em busca de atendimentos.” Escreveu.

Além disso, a nova diretora reconheceu os impactos positivos alcançados sob a liderança de Lucena, incluindo o atendimento a mais de 150 mil mulheres, a oferta de mais de 20 cursos para promover a autonomia econômica e a realização de mais de 1000 palestras de conscientização em diversas comunidades.

Com a nomeação, a delegada Wanda Moura, que é chefe do Departamento de Feminicídio do Maranhão e coordenadora da Semana Estadual de Combate ao Feminicídio, vai acumular a atual função com a de diretora da Casa da Mulher Brasileira.

O elogio público de Wanda Moura para sua antecessora Susan Lucena destaca não apenas a qualidade da gestão anterior, mas também o espírito de continuidade e colaboração na busca pela proteção e promoção dos direitos das mulheres na Casa da Mulher Brasileira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here